MISSIONÁRIA

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

AS TRÊS PICADAS DA SERPENTE


As três picadas da serpente



 










A continuidade da queda.

Vejamos o que está escrito: “Mas temo que, assim como a serpente enganou Eva com sua astúcia, assim também sejam, de alguma sorte corrompidos os vossos sentidos e se apartem da simplicidade que há em Cristo”. II Co 11.3

Palavras chave como “Astúcia, Enganou”, provém de uma natureza caída, que, exercitada por um interesse, tem por objetivo, repito, até certo ponto, perpetuar esta queda da criação de Deus.

O que provoca: “Corrompidos os vossos sentidos”, como resultado, “Aparte-se da simplicidade”.

Gn 3.1-5

PRIMEIRA PICADA:

1)   É assim que Deus disse? Sintoma de dúvida. Quando você dúvida da Palavra de Deus, isto provém de um sentido de rebeldia, e a tendência é “ir” corrompendo os sentidos exatos da verdade. -É assim que Deus disse? Nunca alimente dúvidas, com respeito a palavra de Deus. Acentue: Está escrito. Gn 3.1

SEGUNDA PICADA:

2)      Certamente não morrereis. Uma vez corrompido os sentidos da exatidão, fica mais fácil colocar no lugar da verdade, aquilo que se quer, mesmo sendo mentira. Deus disse: Morrereis. O diabo disse: Certamente não morrereis. Gn 3.4, Gn 2.16-17

TERCEIRA PICADA:

3)   Sereis como Deus. Creio que este é o objetivo da própria soberba, pois foi assim no início. “Até que se achou iniquidade em você”, e aí se precipitou, e não se achou mais lugar para ele. Quando o homem se deixa levar pela soberba, mal se cuida de que este é o pecado que abertamente a palavra nos fala: Deus resiste ao soberbo...A SOBERBA PRECE A RUINA... Gn 3.5



Humilhe-se, que Deus ao seu tempo te exaltará... (I Pe 5.6). Mas, nunca diga serei como Deus...Resista as três picadas da serpente e deixe-se abraçar pela simplicidade do evangelho de Cristo.

Prª Rita Santos!!!